A linha nasceu com a Land Rover, que reconstruiu um número limitado do Serie 1 seguindo as especificações e desenhos originais do jipe. O sucesso foi tremendo fazendo a linha se expandir para o Range Rover e agora o E-Type — lembrando que Land Rover e Jaguar são do mesmo grupo.

(Divulgação / Reprodução)

Para realizar o projeto, a marca teve acesso exclusivo aos registros e desenhos originais realizados pelo Jaguar Heritage Trust, além das décadas de experiência da equipe em restauração, até atingir um padrão premiado, garantindo a autenticidade do modelo. As peças Jaguar Classic são usadas em toda a parte, para maximizar a qualidade e a longevidade do veículo.

Tudo do veículo original é mantido ou remodelado, enquanto todas as peças críticas para a segurança são substituídas por novos itens da Jaguar Classic Parts. Os painéis, do programa de painel de engenharia reversa da Jaguar Classic, são ajustados para remover a corrosão e restaurar a aparência icônica do E-type. A atenção aos detalhes se estende ao ponto de recriar o tipo de correto de soldagem ao refazer esses painéis.

(Divulgação / Reprodução)

Ao total serão 10 E-Type feitos pelo programa Reborn. Eles foram submetidos a uma pesquisa intensa pelos experts em restauração da Jaguar. Depois disso, os modelos foram completamente restaurados de acordo com as especificações originais de fábrica vigentes durante a década de 1960.

(Divulgação / Reprodução)